E se fizéssemos um novo hábito saudável?



Há dois momentos no ano que, para mim, são uma fonte recorrente de reflexão : o primeiro coincide com o período do Natal, o segundo com o meu aniversário. E, como o aniversário está chegando, aproveito a oportunidade para compartilhar alguns pensamentos com você.

Não sei se também acontece com você, para mim nestas recorrências acontece pontualmente fazer um tipo de orçamento no qual comparo minha vida atual com a do ano passado ou dos anteriores.

Essa comparação me leva a me fazer algumas perguntas:

"Eles estão onde eu queria ir hoje?"

" Eu ainda quero ir para lá?";

"O que estou fazendo agora está de acordo com o que é importante para mim ?";

"Quão satisfeito me senti com a minha vida no ano passado, neste período, em relação ao aspecto profissional ... E quanto ao familiar ... E o meu crescimento pessoal? ";

"Quão satisfeito me sinto sobre a minha vida agora nessas mesmas áreas?"

Novamente: "Em quais campos eu consegui mais sucesso com meus objetivos?"

"Em que eu quero melhorar?",

"Posso usar a estratégia que provou ser bem-sucedida mesmo nessas áreas para alcançar resultados naqueles campos em que ainda não consegui o que queria?"

O significado das minhas perguntas não é tanto para lamentar aspectos que pertencem ao meu passado (uma atividade em que a humanidade considera que leva muito tempo), mas sim para fazer uma maior clareza sobre o progresso, e não, que ocorreu na minha vida, adquirir essa consciência necessária para delinear a rota que quero seguir.

Um percurso sempre em sintonia com o que quero neste momento da minha vida.

Em vez de esperar pelo próximo aniversário ou pelo Natal, pode ser útil desenvolver um hábito saudável de fazer mais perguntas a você mesmo:

"De onde você é? "

" Onde você está agora? "

" Onde você está indo? "

e " O que você precisa para chegar lá? "

Por mais óbvio que pareça, eu sempre descubro um Novo Mundo para mim e espero que sim para você também!

Eleonor

Artigo Anterior

Livros de Reiki

Livros de Reiki

Para entrar na dimensão energética do Reiki , é melhor que a abordagem ocorra através de tabelas ilustradas, desenhos e as palavras de quem fundou a técnica Usui , por isso recomendamos estes livros de reiki : Manual de Reiki Ilustrado (2001) por Mikao Usui e FA Petter. Se, por outro lado, você estiver orientado para um texto genérico, que ilustra o Reiki terapêutico geral: Reiki - Terapia Alternativa com Reiki (2011) por Giuliana Lomazzi. Para p...

Próximo Artigo

Creme de Echinacea: a receita e os usos

Creme de Echinacea: a receita e os usos

Echinacea é uma planta conhecida sobretudo para a prevenção de doenças sazonais , mas o extrato de echinacea tem propriedades úteis também para a pele, em particular em caso de irritação e inflamação . Vamos ver como usar o extrato de echinacea em um creme DIY que é muito fácil de preparar. Creme calm...